Serviços Domésticos



A utilização do uniforme é uma boa opção para as 02 partes, com ele você estará sempre alinhada e profissional, além de ser prático e garantir que você esteja sempre limpa e arrumada. O branco é a opção favorita para os uniformes das babás. Se for o caso deve-se usar a lingerie na cor bege e sem renda para não marcar. É preferível usar tênis que são mais confortáveis. O cabelo deve estar sempre preso. É de responsabilidade da Babá ou empregada doméstica a limpeza e conservação do Uniforme.

Manter o telefone sempre atualizado é o primeiro passo para encontrar uma boa vaga de emprego!

Recebemos muitas e muitas ligações diariamente de pessoas que estão desesperadas a procura de emprego. Muitas delas já possuem o cadastro no site www.casaecafe.com, nossa primeira orientação sempre é para que se mantenha o cadastro e telefone atualizado!

Se você já é cadastrado, por favor, verifique se realmente seu telefone está correto e atualizado.

O nosso cliente liga diretamente para o telefone que você colocou em seu currículo! Ou seja, seu telefone é a chave do seu novo emprego!

Para não perderem grandes oportunidades acessem: www.casaecafe.com

Coloque seu e-mail ou CPF e sua senha, verifique se todos os dados estão atualizados, se não estiverem altere o que for necessário.

Lembre-se sempre: A melhor maneira de ser localizada rapidamente é através de seu telefone celular, fique atenta as ligações!

- Quando a idade chega, é difícil evitar que aquelas emergências aconteçam.

Um mal estar, uma dor repentina, e até mesmo uma consultinha de rotina que pode acabar

durando um pouco mais do que o devido, são episódios comuns na terceira idade.

E mesmo que o primeiro reflexo seja colocar o idoso no carro e levá-lo para o hospital,

existe uma listinha que deve ser levada junto com ele.

- Com as informações corretas, as chances de ajudar o idoso só aumentam, além de prevenir acidentes médicos desnecessários, como confusões com medicação por exemplo. Para isso, o casaecafe.com traz os itens que você deve sempre deixar preparado, junto ao cuidador de idosos de sua família, para que tudo ocorra da maneira mais tranquila possível. Veja só:

- Lista de medicamentos atuais: todos os comprimidos, mesmo os mais comuns e "inocentes" precisam ser listados. Esta lista pode ser atualizada semanalmente, para que os últimos comprimidos que não sejam contínuos também possam ser contabilizados. Essa informação é uma das mais importantes na chegada do idoso ao atendimento médico, por isso, quanto mais precisão sobre as dosagens, posologias e formulações, melhor! Saber por que o medicamento foi passado também é bem importante.

- Lista de alergias: seja ela de comida, de bebida, de medicações ou de componentes de produtos cosméticos, qualquer alergia vale ser listada. Deixe uma tabelinha com todos os itens os quais os idosos em questão possuem sensibilidade e entregue imediatamente para o médico responsável no momento necessário. Esta atitude ajuda na prevenção de medicação errada e em resolver questões como mal-estares desconhecidos.

- Diagnóstico: se o idoso possui algum tipo de restrição ou doença, é extremamente importante que se possa identificá-la logo no início do atendimento. Mas nem sempre, no momento agitado, nos lembramos de todos os nomes, quais são ou como funcionam. Por isso, mantenha junto às informações, listado de forma simples, os diagnósticos do paciente. É uma forma mais rápida que os médicos terão de continuar tratamentos ou tomar medidas que podem prolongar a vida do idoso.

- Convênios: se o idoso possui qualquer sistema de convênio de saúde, deve ter sempre consigo o cartão que o representa, junto de documento com foto. Por isso, cabe ao cuidador manter sempre a checagem destes itens. Mesmo nos passeios mais simples, estes dois documentos são de extrema importância, necessários diariamente. Se for necessário, mantenha-os com o cuidador, mas apenas se este estiver acompanhando integralmente o idoso. Com esta dica, vale deixar uma listinha também dos hospitais os quais o convênio do idoso é aceito para já fazer o correto direcionamento em caso de necessidade.

- Contatos de emergêncência: principalmente se o idoso estiver apenas acompanhado do cuidador na maior parte do tempo, a lista de contatos de emergência é essencial. Pode até ser plastificada e levada junto à carteira/bolso do idoso e do cuidador. Deve conter o nome dos familiares aptos mais próximos e sempre ter mais de uma opção. Opte sempre pelas pessoas mais próximas geograficamente e, se possível, disponibilize informações como a vontade de doar órgãos ou de tratamentos agressivos junto a estas informações.

- Conforto: palavras-cruzadas, álbum de fotos, livro... Seja lá o que distraia o idoso deve ter uma cópia/versão em um kit a parte. Se o idoso precisar de qualquer tipo de atendimento ou tratamento, nada melhor que uma distração para ajudá-lo. Amuletos, jogos e itens de higiene rápida, como escova de dentes ou de cabelos, por exemplo, são ótimos para deixar o idoso o mais confortável possível. Mantenha a bolsa sempre feita e junto destes outros itens de emergência.

- Desta forma, mesmo em cenários mais preocupantes, você mantém o cuidador preparado, e a família tranquila de que o melhor direcionamento está sendo dado ao idoso.

- O casaecafe.com, que está totalmente inserido neste segmento, sabe bem quantos benefícios esta escolha pode trazer. E para que você também aproveite essa ajuda, fizemos um resumo dos principais pontos extremamente positivos de contratar essa profissional.

- Você já sabe a que horas sairá do trabalho hoje? Cinco, seis, sete horas? Com sorte! Imagine só dedicar o dia todo ao seu trabalho, pegar aquele trânsito e ainda encontrar uma pilha enorme de louças para lavar? A cama desarrumada, o banheiro todo desorganizado... Complicado não é? Cansa só de pensar. Ao invés de passar por isso hoje, você pode acessar o www.casaecafe.com e contratar uma empregada hoje mesmo. Você ainda pode optar por uma diarista, semanalmente aparecendo para deixar tudo em ordem. Mas independente do tipo de profissional que escolha, o principal benefício de tê-lo em sua casa é aliviar a carga de trabalho caseiro que você terá. Por mais que a gente não perceba, estas tarefas secundárias são responsáveis por grande parte do nosso cansaço.

- Ter empregada não é um sinal de luxo desnecessário. Pelo contrário. É um benefício que, além de oferecer empregos, ainda pode trazer a você tempo, suporte e praticidade em seu cotidiano. Que tal fazer a experiência? O casaecafe.com ajuda você!

O casaecafe.com existe exatamente para que você consiga contratar uma empregada (ou babá, faxineira e cozinheira, por exemplo), sem dores de cabeça. Mas mesmo tendo acesso a uma série de opções de candidatos, e muitas vezes, tendo todas as informações do CV, ainda ficam algumas dúvidas sobre o que perguntar no momento da entrevista. Como saber se a candidata é realmente o que precisamos.

Para isso, no momento deste bate-papo, leve consigo as seguintes questões essenciais:

Dados Pessoais: RG /CPF - Estado Civil, nome do companheiro, número de filhos, onde estudam. O endereço residencial. Existe algum outro endereço onde é possível encontrá-la? Pergunte também sobre sua escolaridade.

Histórico e referências: no segundo momento da entrevista, pergunte sobre os antigos empregos da candidata. Procure averiguar os motivos que a levaram deixar o emprego anterior, e peça sempre referência dos três últimos, se possível, para averiguar

Desenvoltura: A desenvoltura da candidata pode ser avaliada na agilidade em dar as respostas, na postura como se senta ou conversa, nas visões que apresenta sobre o que está sendo dito. Você consegue perceber se ela é tranqüila ou mais agitada conforme movimenta o corpo, podendo escolher o melhor perfil.

Habilidades: Pergunte claramente o que ela sabe ou não sabe fazer. Não fique apenas nos termos "limpar" ou "cozinhar". Procure entender se ela sabe manusear os equipamentos do lar, que pratos sabe preparar, quanto tempo em média leva para exercer uma ou outra atividade. Pergunte também sobre produtos de limpeza. Saiba se ela tem alguma alergia e veja o que ela recomenda para identificar se possuem uma linha parecida para as atividades. Mostre claramente o que precisa, e quais seriam as atividades rotineiras dela.

Salário, folgas e regime de trabalho: se você percebeu que ela é uma boa candidata, com capacidade de exercer tudo que precisa, e ela também mostrou o mesmo interesse, converse sobre salário, folgas e o regime de trabalho. Tenha certeza de oferecer tudo dentro da lei. Especifique bem o salário, quais dias serão de folga, e os benefícios adicionais que você pode oferecer. Inclusive o tempo de folga durante o dia, como tempo para almoço, e quem proverá a alimentação. Também verifique se haverá período de experiência. Com tudo bem organizado, fica bem mais fácil começar essa relação com o pé direito!

O casaecafe.com existe exatamente para te ajudar a encontrar seu novo emprego!

Para te auxiliar no momento das ENTREVISTAS DE EMPREGO queremos compartilhar algumas dicas

IMPORTANTES que farão diferença no momento da sua entrevista:

- Chegue na hora da entrevista. Caso não possa comparecer, avise o contratante com ANTECEDÊNCIA.

- A roupa deve ser limpa e discreta. Nada de decotes ou roupas justas e transparentes. Se você

trabalha de branco, no caso das babás ou cuidadores de idosos, é interessante ir à entrevista com a

roupa branca de trabalho, para que o entrevistador possa ver como o candidato se apresenta no dia a

dia.

- Os cabelos devem estar presos e alinhados para demonstrar limpeza e higiene. Um outro ponto

importante são as unhas e as mãos, que são sempre observadas durante a entrevista, lembre-se que a

higiene demonstra profissionalismo

- Esteja disposta (o) a falar sobre você e suas experiências profissionais

- Ouça atentamente o que o contratante tem a dizer e não o interrompa, cuidado com o excesso de

intimidade no decorrer da conversa. Nunca tente forçar uma intimidade com o entrevistador, com o

uso de termos como ‘querida’ ou ‘meu amor’. O momento da entrevista é a hora de manter o

profissionalismo e a cordialidade.

- Leve os documentos: RG, Carteira de trabalho, carta de referência, certificado de cursos

(opcional) e antecedentes criminais (opcional).

- Se você for questionado quanto à vida pessoal, responda sobre a estrutura familiar, as profissões

dos membros da família, mas tudo isso de forma discreta;

- Se a vaga for para babá, explique seu conhecimento técnico, como forma de se diferenciar dos

outros profissionais. Quanto mais você falar, com clareza e entendimento, sobre suas habilidades

com crianças, como por exemplo, como dar banho, quais os cuidados de primeiros socorros que conhece,

como faz uma papinha, quais brincadeiras criativas ela pode oferecer à criança, melhor.

- Se a vaga for para cozinheira, fale abertamente sobre os pratos que sabe fazer, sem ser modesta.

Cite os pratos que domina, com riqueza de detalhes. Nada de falar que cozinha o básico, quando se

trata de uma verdadeira cozinheira de forno e fogão.

- O momento da entrevista também serve para que você tire suas dúvidas e tenha a certeza de que a

vaga oferece tudo o que ele busca no mercado de trabalho. É na entrevista que o candidato deve

questionar a remuneração, benefícios, horário de trabalho, folgas. Isso demonstra interesse pela

vaga e conhecimento de direitos. Uma dica é não iniciar a conversar por essas questões - deixe que

o entrevistador te conheça e fale da vaga primeiro.

Boa sorte!

Como tirar a referência profissional de sua futura empregada doméstica?

Já fez suas entrevistas, avaliou e encontrou uma candidata perfeita para seu anúncio de empregada doméstica, mas antes de dar a data de início para a candidata você ficou insegura de como finalizar este processo? Aí vai uma dica muito importante!

O casaecafe.com orienta a todos os seus clientes que façam sempre o levantamento das referências profissionais antes da contratação. É muito importante ouvir do antigo contratante como foi a experiência profissional daquela candidata na outra casa em que trabalhava. O relato da experiência profissional vinda do contratante denota sempre a maneira de agir e de trabalhar desta sua possível funcionária.

Veja estas 05 dicas de como tirar as referências profissionais de sua futura empregada doméstica?

1. Durante a entrevista nunca se esqueça de já anotar os telefones dos últimos empregos da candidata;

2. Tirar as referências de pelo menos três últimos empregos, verificando questões referentes a comportamento, caráter, pontualidade, produtividade, motivo de desligamento, período em que atuou, tipo de atividades exercidas, relacionamento com outros funcionários e etc.

3. Deve-se sempre buscar obter o máximo de informações possíveis ao tirar as referências, verificando a coerência do relato ouvido durante a entrevista.

4. Falar sempre com o antigo empregador, nunca com algum outro funcionário atuante na mesma casa.

5. Fale para este antigo contratante um pouco do que esta funcionária vai fazer na sua residência, pergunte para o mesmo se ela também fazia determinadas atividades na casa dele, isso o ajudará a contextualizar melhor focado no que realmente te interessa saber.

- Ao contratar uma nova babá deixe tudo bem claro no início de suas atividades, tire todas as dúvidas em uma conversa franca, algumas dicas que valem uma negociação:

Roupa: A maior parte das babás se veste de branco, porém a patroa é quem define qual será o uniforme a ser utilizado, ela quem é responsável pela aquisição do uniforme. Não é indicado que uma babá use bijuterias ou maquiagem, a oriente logo no início.

Feriado: na hora de combinar as tarefas do dia-a-dia, já discuta os feriados. Se eles caírem durante o período de trabalho, qual será o procedimento? Não espere chegar à véspera do feriado para combinarem.

Folga: deixe pré-estabelecido os dias, se possível já monte uma tabelinha para uns seis meses. Assim evitam-se esquecimentos.

Viagem: quando forem viajar todos juntos lembre-se de que a Babá precisa ser avisada previamente. E se ela for acompanhar as crianças que estão de férias precisa de orientações de como funcionará seus horários livres e folgas, uma vez que vocês estarão de férias, mas a babá estará trabalhando. Estabeleça antes da viagem, inclusive se a babá poderá utilizar as piscinas com as crianças ou não.

Os acordos e esclarecimentos facilitam as relações das duas partes

Para desempenhar suas funções adequadamente, a funcionária precisa saber também a importância de seu trabalho para se sentir valorizada. Ela tem que ter motivos para trabalhar, para querer executar as tarefas da maneira que a patroa necessita e se dedicar àquilo que faz.

Motivar é dar motivos. Em um ambiente de trabalho podemos criar um clima favorável para que o funcionário se auto-motive. Veja na próxima página alguns hábitos que você pode somar ao seu modo de se relacionar com seus empregados domésticos para fazer a diferença no desempenho deles.

Ensine com amor

Quando você for informar sua empregada sobre as atividades que ela deve fazer, demonstre que este contato é prazeroso para você. Deixe que ela perceba que você está disponível para ajudá-la em suas possíveis dificuldades, assim vai se esforçar para aprender mais rapidamente sua função e não ficará com medo de errar e ser repreendida.

Deixe que ela participe do processo

As contribuições da funcionária são fundamentais para que novos conceitos sejam apreendidos. Tenha em mente que vocês vão trabalhar juntos no projeto de manter a casa organizada.

Dê autonomia a ela

Uma pessoa se sente motivada se puder exercer sua, tomar decisões e até mesmo errar. Ainda que limitada, você deve dar alguma autonomia para sua empregada doméstica.

Deixe que ela tome iniciativas

Só tomando iniciativas a empregada agregará valor à sua função de auxiliar doméstica, ajudando você a pensar o dia a dia da casa. A iniciativa é uma decorrência direta da autonomia.

Não se esqueça de que sua empregada tem vida pessoal

Não é necessário se tornar íntima da empregada, mas ela tem que saber que pode contar com você para vencer suas dificuldades pessoais. Invista nas relações interpessoais, dê o melhor de si.

Comunicação é fundamental

Algumas palavras antes de sair de casa e uma pequena supervisão no serviço da ajudante quando voltar do trabalho é fundamental. Alguns elogios ou alguma explicação extra para que as tarefas fiquem mais bem feitas são decisivos para que a empregada se motive.

Lembre-se de que todos precisam de reconhecimento

Fale palavras de elogio na frente de outro funcionário ou das pessoas que moram na casa. Sua auxiliar se sentirá orgulhosa por seu trabalho ter sido reconhecido como bom.

Finalizando, se ela tiver consciência da importância e de como todos na casa aprovam seu trabalho, a empregada doméstica vai se sentir pertencente à rotina da família e fará o possível para agradar a todos. O bom relacionamento, normalmente, é construído com o tempo, paciência e compreensão